Categorias
Cerveja Vinho

Cerveja ou Vinho: qual é melhor para a saúde?

“Um copo de vinho ao dia faz bem à saúde” já é praticamente um dito popular. Essa afirmação partiu de cientistas que realizavam uma pesquisa em 1980 com pacientes franceses, e constataram que a presença de vinho em suas dietas (em pequenas quantidades) era capaz de prevenir o bloqueio das artérias que poderia vir a ocorrer em uma dieta gordurosa. Desde então “uma taça de vinho” passou a ser uma recomendação para a boa saúde.

Mas e a cerveja, como fica com isso tudo?

Bom, para começar, estudos já comprovam que a cerveja artesanal (não filtrada e não pasteurizada) é eficiente na redução dos riscos de incidência de diabetes e doenças cardíacas, até mesmo mais do que o vinho. Agora também é importante que se leve em consideração que outra constatação destes estudos é que pessoas que optam por cervejas artesanais e vinhos geralmente possuem uma preocupação e cuidado maior com os alimentos que ingerem, o que está relacionado a hábitos de alimentação saudável. 

Ou seja, embora ingerir moderadamente tanto cerveja quanto vinho seja benéfico, é preciso que tais hábitos estejam relacionados a uma rotina de alimentação saudável para que se possa levar uma vida melhor. Então essa é a nossa dica de hoje aqui no blog da Costi: Não abra mão dos seus sabores favoritos, mas explore tudo o que a vida e a alimentação saudável tem a lhe oferecer! 

Categorias
Vinho

Conheça o Vinho de 8 Mil Anos

Segundo o conhecimento popular, se diz que quanto mais velho o vinho, melhor. Mas será que 8 mil anos não é um pouquinho demais?

Essa história toda começou na Geórgia, onde um grupo de pesquisadores e entusiastas da viticultura localizou registros de um processo de mais de 8 mil anos, período em que a cultura da vinha saiu daquela região difundiu pela Ásia Menor e depois Europa. A partir daí surgiu a missão de replicar esse processo de forma minuciosa e elaborar um vinho ao estilo arcaico.

Tudo isso se torna possível (e muito mais interessante) por causa do Kvevri: uma espécie de vaso de barro utilizado para armazenar o vinho. Hoje na região são utilizadas réplicas desses mesmos recipientes, que são enterrados no chão e ficam em repouso de 12 a 14 meses. 

Os vinhos da Geórgia ainda estão chegando no Brasil aos poucos, mas em breve você ouvirá falar mais nessa novidade. Fique de olho, e não deixe passar a chance de degustar esses vinhos anciãos!

Categorias
Vinho

5 acessórios para aproveitar melhor o seu vinho

Um apreciador de vinhos sabe que todos os detalhes são importantes na hora da degustação e manuseio do seu tesouro, e toda a ajuda é bem-vinda na hora de criar uma experiência perfeita. Nós montamos uma seleção de alguns acessórios que prometem tornar mais fáceis e eficientes diversas tarefas e funções que fazem parte do ritual de apreciação da bebida. Vamos explorar?

Saca-Rolha de Sommelier

Parece óbvio que um apreciador de vinhos precisa de um bom saca-rolhas, mas muitas pessoas parecem esquecer que essa ferramenta merece um investimento. As versões que trazem dois pontos de apoio, também conhecido comumente como Saca-rolhas de Sommelier, são uma ótima opção.

Maleta

Quando o vinho é realmente especial, pode ser que você queira degustar ele em um lugar especial também, não é mesmo? Por isso ter uma boa maleta, mala ou bolsa acolchoada, desenvolvida especialmente para portar vinhos, é um investimento que sempre vale a pena. São diversos modelos disponíveis, com capacidades de carregamento, qualidade do acabamento e preços bem variados.

Taça

Comprar taças pode se mostrar um hobby viciante, e você sempre vai ter mais de uma da que combina com o seu estilo favorito de vinho. Mas não deixe para descobrir que tem uma taça faltando na sua coleção justo na hora de uma degustação. Compre um jogo de taças e esteja preparado para qualquer sabor!

Bomba de Vácuo

A Bomba de Vácuo é essencial na degustação de qualquer rótulo que não seja prontamente consumido. Ela retira todo o ar do interior da garrafa causado pela abertura da bebida, impedindo a perda das características do vinho. lembre-se de sempre ter uma à mão.

Winesave Box

O Winesave Box é uma alternativa excelente para manter a qualidade do seu vinho já aberto. É um composto de gás Argônio, que não tem cor, cheiro ou gosto. Por ser mais pesado que o ár, você “injeta” o Winesave dentro da garrafa de vinho antes de fechá-la, e essa camada de gás (que é completamente seguro) impede a oxidação do vinho.  Além de muito exótico, esse método é muito eficiente, protegendo o seu vinho por um período que pode chegar a meses.

Compre o seu Winesave na Costi Bebidas clicando AQUI.

Categorias
Vinho

Vinhos da Serra Gaúcha são os mais saudáveis

Uma nova pesquisa divulgada pelos especialistas em análise de bebidas do Laboratório Lavin, de Flores da Cunha, mostra aquilo que alguns dos moradores mais antigos da Serra Gaúcha já devem dizer há muito tempo: os vinhos da região são os mais saudáveis.

Essa afirmação parte da análise dos vinhos da Casa Perini, que trazem uma concentração de resveratrol 3,5 vezes maior que a de vinhos de demais regiões. O resveratrol é um polifenol presente na uva que realiza função antioxidante, trazendo benefícios para o coração e fornecendo resistência contra diabetes e doenças cancerígenas.

A pesquisa foi feita a partir de 6 vinhos da serra gaúcha e 12 rótulos importados que são comercializados no Brasil. O melhor resultado em concentração de resveratrol foi o vinho Fração Única Cabernet Sauvignon 2015, apresentando 4,57 mg/L de resveratrol – Mais do que o dobro do que aquele obtido no vinho importado com melhor desempenho.

Encontre os vinhos da Casa Perini nas prateleiras virtuais da Costi Bebidas CLICANDO AQUI

Categorias
Vinho

Sopas e Vinhos: Um Desafio de Harmonização

Quando a temperatura começa a descer e a procura por certas opções gastronômicas aumenta, é comum recebermos a pergunta: como harmonizar sopas e vinhos?

O desafio nessa combinação está, principalmente, em dois fatores: textura e temperatura. Ninguém quer comer sopa fria, e a temperatura e a condição líquida no alimento criam uma certa incompatibilidade com a harmonização. Mas isso nada mais é do que um desafio a ser superado, e nós adoramos esse tipo de proposta! Vamos começar então definindo alguns estilos de cremes, caldos e sopas mais requisitados, e como criar uma harmonização satisfatória com cada prato:

Sopa de Legumes:

Vamos começar pelas mais populares sopas claras e com legumes. Um vinho tinto leve pode ser utilizado para criar uma deliciosa experiência com essa combinação. Opte por Merlot ou Pinot Noir para não ter erro!

Pinot Noir na Costi
Merlot
na Costi

Caldo de Feijão:
Apreciado em todo o Brasil, o caldinho de feijão é cremoso, picante e frequentemente dotado de uma textura diferenciada. Escolher um vinho e de boa acidez, como Carménère e Tempranillo, são pares ideais para este prato.

Carménère na Costi
Tempranillo na Costi

Canjiquinha:

Cremosa e de leve sabor defumado, esse prato untuoso interage bem com vinhos de taninos macios e corpo médio. Você encontra opções variadas para esta função em nossa seção de Cabernet Sauvignon.

Cabernet Sauvignon na Costi

Caldo Verde:

Geralmente bem encorpado, esse creme traz uma variedade de legumes na composição e apresenta sabor levemente herbáceo. Vinhos de corpo médio e levemente frutados (cuidado com exageros) são uma boa pedida aqui.

Vinho Catedral Dão na Costi
Vinho Sogno Di Ulisse Montepulciano

Categorias
Vinho

Fondue: 7 vinhos para acompanhar o melhor prato de inverno

Ainda temos alguns dias frios pela frente, e nada melhor do que aproveitar as noites mais fresquinhas com um delicioso e fumegante fondue. Mas a dúvida em relação à escolha de qual vinho utilizar como acompanhamento deste prato surge quando levamos em consideração os detalhes e complexidades do fondue: sua textura, temperatura e versatilidade fazem dele um prato pouco convencional (tanto em sua versão doce quanto salgada). Por isso, vamos dividir nossas sugestões entre estas duas variedades:

Fondue Salgado:

Escolhemos duas variedades de fondue salgado para servir de base para nossa harmonização: queijo e carne. Estas duas opções costumam ser as mais populares, e também nos oferecem maior variedade de exploração dos rótulos. 
Para o Fondue de queijo, o toque mais leve de um Valduga Gran Reserva Chardonnay ou um Casas del Bosque Sauvignon Blanc vão lhe proporcionar uma fidelidade maior de sabor no prato. Porém, se você pretende experimentar com queijos de sabor mais intenso, nossa sugestão é um marcante Alma Negra Pinot Noir para tirar o máximo de potencial dessa combinação.

Já para as carnes, a variedade de espécies e cortes abre um leque muito grande de opções, onde a combinação perfeita requer uma análise mais aprofundada. Mas, se você não sabe ao certo o tipo de carne que será servida no fondue e quer sair na frente, sugerimos a escolha de um italiano Papale Primitivo di Manduria ou jovem Miolo Terroir Merlot. Essas opções oferecem uma experiência satisfatória com quaisquer que sejam as carnes servidas. 

Fondue Doce:

A textura e a quantidade de açúcar na versão doce do fondue se desafios que costumam pegar até mesmo alguns connoisseurs de surpresa. Se o seu plano é harmonizar com fondue, comece pensando no chocolate: opte por aqueles que possuem 60% ou mais de cacau.

Agora é a hora de escolher o vinho: a combinação clássica é apostar em um vinho do porto, e a nossa sugestão para tal é o novo Porto Messias 10 Anos. Mas se você quiser fugir do óbvio e explorar com uma combinação ligeiramente diferente, experimente um Miolo Terranova Late Harvest.

E, claro, não deixe de nos contar como foi sua harmonização! Estamos curiosos para saber o que você achou 🙂 

Categorias
Vinho

Vinícola Zuccardi, a melhor vinícola do mundo!

Baseada em Mendoza na Argentina, a Vinícola Zuccardi Valle de Uco recebeu um dos mais importantes prêmios do mundo, o de melhor vinícola.
O prêmio foi resultado de uma seleção feita pelo The World’s Best Vineyards que conta com o apoio do International Wine Challenge.
O processo consta na atenção na qualidade do enoturismo de mais de 1.500 vinícolas em todo o mundo, com isso é feita uma seleção daqueles que consideram as melhores 50, para que assim seja escolhido a melhor entre elas.
Você pode vivenciar a experiência e degustar os vinhos da Vinícola Zuccardi no site da Costi Bebidas (www.costibebidas.com.br).

Categorias
Cerveja Destilado Espumante Vinho

As bebidas mais românticas para o Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados se aproxima, e a Costi Bebidas vai te ajudar a criar uma experiência inesquecível para o seu amor! Conheça as nossas dicas de bebidas para o Dia dos Namorados e desperte a paixão da sua alma-gêmea:
Amaretto
O licor Amaretto, à base de mel e amêndoas, é considerado uma bebida afrodisíaca que deve ser apreciada com moderação. Uma dose é a medida perfeita para animar as coisas.
COMPRE AQUI
Catena
Indicado como um dos 100 melhores vinhos do mundo pela Wine Espectator, esse Malbec traz taninos macios, acidez perfeita e notas aromáticas de carvalho que irão despertar os mais românticos sentimentos.
COMPRE AQUI
Boon Kriek
Acha que cerveja não é romântico o suficiente para o Dia dos Namorados? Calma lá!
A Boon Kriek é uma Lambic de fermentação espontânea que leva Kriek (cereja) em sua composição. Harmoniza perfeitamente com doces e sobremesas, proporcionando um delicioso clima de descontração.
COMPRE AQUI

Cave Amadeu Rústico Nature Brut
O espumante sempre foi e segue sendo uma ferramenta para criar momentos marcantes. Com o Rústico Nature, então, é praticamente garantido. Isso porque esse espumante é elaborado “sem dégorgement”, o que significa que ele segue fermentando na garrafa e adquirindo complexidade até o momento em que é aberto. Isso faz com que cada degustação desse espumante seja uma experiência verdadeiramente única.
COMPRE AQUI

Categorias
Vinho

O que é o tal “Vinho Natural?”

Há alguns anos uma tendência de “Vinhos Naturais” vem surgindo no mundo todo. Uma parcela expressiva de negócios que possuem relação com o vinho hoje, inclusive, são dedicados a esse nicho. Mas que tipo de característica um vinho precisa ter para ser considerado um Vinho Natural, e porque esse ainda é um assunto polêmico?
Primeiramente, não existe um consenso entre o que faz ou não um vinho ser considerado Vinho Natural. Ou seja, essa nomenclatura não indica que os vinhos que você tem bebido durante toda a vida não sejam naturais. Ela apenas se refere que os responsáveis pela produção do vinho possuem um compromisso de não utilizar pesticidas, herbicidas ou fungicidas em suas uvas, focando os seus esforços em tornar o processo o mais “orgânico” possível.
Vale a pena lembrar que muitos vinhos clássicos já seguem esses padrões de produção, porém só não existia a preocupação de tornar essa informação conhecida. Ao mesmo tempo que o chamado Vinho Natural ainda é um assunto relativamente novo e não possui definições muito concretas, a existência do termo por si só beneficia os debates no mundo dos vinhos e incentiva a comunidade a explorar novas áreas e produzir vinhos cada vez melhores.
Portanto, apesar das discussões em relação ao termo polêmico, todos só temos a ganhar com o espaço que o Vinho Natural tem conquistado! Agora, não deixe de explorar as prateleiras de vinhos da Costi Bebidas Clicando Aqui e conferir as novidades!